PF faz busca e apreensão no Ibama no Amapá



A Polícia Federal desencadeou, na manhã desta sexta-feira, 03, a operação IMPACTO, dando cumprimento a dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal: um deles, na sede da Superintendência Regional do IBAMA no Amapá; o outro, na residência de um Fiscal do IBAMA.

As investigações tiveram início no ano passado, depois da denúncia de que um servidor do IBAMA estaria “fabricando” e “vendendo” DOFs (Documentos de Origem Florestal), documentos obrigatórios para a comercialização de madeiras.

Segundo apurações, o investigado chegava a cobrar R$ 3.000,00 por cada DOF produzido. Os documentos falsificados serviam para dar aparência de legalidade à comercialização de madeiras por algumas empresas.

Além das buscas, a Polícia Federal, em conjunto com um Oficial da Justiça Federal, cumpriu ordem judicial de suspensão do exercício da função pública em desfavor do fiscal do IBAMA.

Segundo o inquérito, o investigado já foi preso, em 2006, em operação da Polícia Federal (Operação Isaías), por crime semelhante, pelo qual responde a dois processos na Justiça Federal do Amapá.

Pelo crime de falsificação de documento público, o servidor poderá a ser condenado a até 6 anos de prisão, somado às penas dos crimes ambientais que lhe vierem a ser imputados.

(Comunicação Social da Superintendência da Polícia Federal no Amapá)

0 Comentários em "PF faz busca e apreensão no Ibama no Amapá"

Postar um comentário

Comente